Design de mobiliário

01.jpg

O mobiliário é uma paixão que tenho há muito tempo. Comecei a levar este interesse mais a sério desde 2015, ano em que decidi fazer um curso de design de mobiliário na LSD - The Lisbon School of Design. Hoje, quatro anos depois, tenho uma marca de mobiliário a crescer a Fuschini, que criei com a minha grande amiga Sara Oom de Sousa, e dou aulas no curso da Lisbon School of Design onde comecei. Ser professor permite-me estar actualizado e aprender com ideias muito diferentes. A Fuschini, é um grande complemento à arquitectura já que me faz estar sempre atento aos mais pequenos pormenores e dá-me um leque de produtos ao meu gosto, que posso aplicar nos projectos de interiores. Por esta razão, e quando os clientes o permitem, tenho o grande privilégio de desenhar (quase) tudo numa casa. Agora há que continuar a desenvolver mais produtos, ir a mais feiras, e procurar mais parceiros, para sermos líderes. Sonhar nunca fez mal a ninguém...

 

Obra do Escritório Daltix

01.jpg
02.jpg
03.jpg

Desenhar um escritório é um grande desafio para um arquitecto. Maior ainda quando nos deparamos com um budget muito baixo e um prazo curtíssimo. É sempre possível encontrar soluções económicas e deixar o cliente contente. Aqui vão algumas fotografias de um escritório que desenhámos, agora em construção, cuja solução mais económica e rápida passou por executar as divisórias em perfil metálico e vidro (ainda por instalar) tecto pintado de branco e pavimento vinílico. Toda a construção durante o mês de Agosto, altura em que o país pára.

 

Atelier

Atelier

A maioria dos arquitectos não se tornam conhecidos até terem no mínimo uns 50 anos. Provavelmente não há nenhuma outra profissão que exija um leque tão variado de conhecimentos para criar algo tão concreto como um edifício.
Um arquitecto deve ser entendido em história, arte, sociologia, física, psicologia, materialidade, simbologia, política e vários outros campos, de forma a criar edifícios que cumprem a legislação, que protegem da chuva, aguentam sismos, têm elevadores e outros sistemas mecânicos, e cumprem os complexos requisitos funcionais e emocionais dos seus utilizadores. Aprender a conciliar tantas preocupações num produto consistente leva algum tempo, com muitas tentativas e erros ao longo do caminho. Para ser arquitecto, há que apostar a longo prazo.

Este é o nosso atelier onde este grande caminho apenas começou.

(Texto traduzido e adaptado do livro 101 Things I Learned in Architecture School por Matthew Frederick)

 

Teatro

00.jpg

Teatro: Representa depois do templo a mais importante contribuição para a história da arquitectura. Da esquerda para a direita - Teatro Grego Primitivo, Teatro Grego Arcaico x2, Teatro Romano e Teatro Helénico.

Obra da casa no bairro da Pena

O acompanhamento de obra é uma das fases mais importantes de um projecto de arquitectura. É algo que me fascina e onde mais aprendo.